Devo criar uma loja online para o meu negócio?

06/01/2017

As tendências de mercado indicam que as vendas online terão um crescimento anual de 11% até 2019. Assim, criar uma loja online é tendência para 2017.

Criar uma loja online

Não há como negar que a cada ano que passa o comércio brasileiro fica mais competitivo, diversas empresas abrem e fecham, formulando uma rede complexa de negócios. Este fato faz com que seja cada vez mais difícil se destacar no meio de diversas lojas, porém a internet surge como um fator de desempate.

Quando tratamos de expandir o alcance de uma loja, não há alternativa melhor do que a criar uma loja online, pois permite com que o lojista abranja suas vendas para outros estados e fidelize novos clientes.

A tendência do mercado

No entanto, criar uma loja online sem saber quais são os panoramas nacionais não adianta de nada. Por isso o SEBRAE escreveu o artigo “Conheça o cenário do comércio eletrônico no país”, no qual é exposto que em 2015 houve 39,1 milhões de web consumidores, totalizando 106,2 milhões de pedidos em lojas virtuais.

Gráfico: evolução do faturamento no ecommerce

Estes números são muito relevantes para qualquer lojista, mas será que continuam válidos em plena crise? O SEBRAE diz que sim, apesar da crise ter afetado grande parte dos consumidores da classe C, as compras online ganharam confiança no setor das classe mais abastadas, aumentando o tíquete médio das compras (o valor por compra).

Mas sabendo que as lojas online continuam como uma tendência de crescimento, como não falhar ao criar uma? Isto é o que explicaremos a seguir.

Por que muitas lojas não dão certo?

Muitas empresas criam uma loja virtual e acabam esquecendo de investir nela, deixando de lado aspectos básico para manter o acesso e compra constante. Dado isso, sabemos que para quesua loja virtual seja de sucesso, é necessário que sua empresa tome algumas medidas:

  1. Defina o modelo de negócios a ser seguido pela loja virtual;
  2. Invista em marketing digital, utilizando ferramentas do Google e de redes sociais para sua loja virtual ter um alcance maior e para o seu público alvo;
  3. Gere credibilidade da marca, tendo um bom atendimento ao cliente e sanando a maior quantidade de dúvidas;
  4. Usabilidade e facilidade do site para o usuário navegar e conseguir comprar o que deseja da forma mais ágil possível;
  5. Boas operações por trás da venda (embalagem que garanta a segurança do produto, atendimento de qualidade no pré e pós compra e políticas de troca clara).

Depois de ver estes erros mais comuns, ficou desanimado em montar a sua loja? Nós daremos 5 motivos para não desanimar!

Os principais motivos para criar uma loja online

  1. Crescimento do mercado online: a empresa Bain & Company projeta que o comércio eletrônico pode crescer 11% ao ano no Brasil até 2019;
  2. Flexibilidade de horários para atendimento ao cliente, podendo verificar os produtos que estão a disposição na sua loja 24 horas por dia e 7 dias por semana;
  3. Há uma grande flexibilidade de catálogo, podendo alterar seus produtos a hora que quiser e fazer promoções a hora que quiser;
  4. Fim das barreiras físicas para conhecer o seu produto, sendo extremamente cômodo ao cliente comprar na loja virtual e receber em casa;
  5. Atingir o nicho que deseja com os produtos que deseja utilizando seu site e ferramentas de marketing digital.

Com isto percebemos que criar uma loja online requer grande atenção e investimentos corretos, mas com uma grande capacidade de dar um bom retorno já que há uma tendência constante de crescimento deste mercado. No entanto, caso você ache que seu negócio não teria grande crescimento com o e-commerce mas visualiza que necessita de uma presença na internet, leia um dos nossos artigos: 4 motivos para o seu negócio ter um site.

Por fim, se ficou alguma dúvida sobre como iniciar o seu e-commerce ou como continuar com o seu, envie um e-mail ou escreva aí nos comentários :).

Foto de Matheus Lourenço Donangelo
Matheus Lourenço Donangelo
Estudante de Ciência da Computação na Unicamp, Assessor de Marketing na Conpec.
Artigos relacionados

Desculpe, nenhum artigo relacionado foi encontrado